Atleta de Peruíbe fica em segundo lugar no mundial de Jiu-jítsu

Foto: Divulgação

DIEGO PALMA

Ney Vieira, de 40 anos, atleta de Peruíbe, ficou em segundo lugar no Mundial de Jiu-jítsu, realizado no Ginásio Mauro Pinheiro,  no Ibirapuera, SP. A competição, que é organizada pela Confederação Brasileira de Jiu-jítsu Esportivo (CBJJE), começou nesta quinta-feira (6) às 14h e vai até o domingo. Ney trabalha na Farmácia Ornelas, ao lado do Mercado Ponto Bom.

O atleta da equipe Zenith, do Professor Júpiter Marcelo ou Marcelão, não precisou lutar outra competição para entrar na disputa do mundial da CBJJE, mas mesmo assim mão foi nada fácil chegar lá. Em entrevista ao jornal O Repórter, seu professor nos contou que ele juntou dinheiro com alguns amigos e conseguiu o suficiente para viajar para São Paulo e disputar o Mundial.

Foto: Júpiter Marcelo

Ney luta pela categoria master 2 roxa e fez três lutas durante o mundial e acabou e ficando com a medalha de prata.

Há dois meses atrás ele foi terceiro no Campeonato Brasileiro, realizado pela Confederação Brasileira de Jiu-jítsu.

Além de Vieira, o professor Marcelão ainda aguarda a luta de João Victor, de 17 anos, que vai lutar pela categoria Juvenil Branca. A luta de Victor é às 10h da manhã no domingo (9).

Matérias relacionadas