Exposição fotográfica retrata o processo migratório da maior raia do mundo

proj-mantas-br-expo-destaqueConhecida popularmente como ‘raia manta’ ou ‘jamanta’, essa espécie de animal marinho pode alcançar oito metros de envergadura e pesar até duas toneladas. O processo migratório dessa gigante dos mares será o tema da exposição fotográfica ‘Mantas pelo Mundo’, que será realizada de 6 a 29 de janeiro, das 9 às 17 horas, no Espaço Gabinete de Leitura, localizado na Praça Carlos Botelho, 149, no Centro.

A exposição apresentará registros do animal no México, Equador e principalmente no Litoral de São Paulo, tendo como destaque os registros inéditos feitos em 2015 entre a costa de Itanhaém e Mongaguá.

Estando essa espécie classificada como vulnerável a extinção, a luta pela sua preservação é um dos objetivos da exposição, que pretende disseminar o conhecimento sobre essa raia que, apesar de ter 500 dentículos, é inofensiva, pois se alimenta de plâncton e não possui ferrão na cauda.

A ‘raia manta’ (Manta Birostris) é o objeto de estudo do Projeto Mantas do Brasil, responsável pela exposição, por meio do Programa Petrobras Socioambiental.

Matérias relacionadas