Itanhaém terá sistema de câmeras e investimentos em iluminação pública

As ações do Governo Municipal visam dar suporte as ações das forças policiais

lancamento-programa-cidade-segura-destaqueA Prefeitura de Itanhaém implantará um sistema de monitoramento por câmeras na região central e em outros pontos estratégicos, além de investir na eliminação de pontos escuros nos bairros e no patrulhamento escolar. Estas são algumas das ações previstas dentro do Programa Cidade Segura, que foi lançado oficialmente nesta sexta-feira (6), às 18h30, na sede da Associação Comercial de Itanhaém (ACAI), pelo prefeito Marco Aurélio Gomes.

O novo sistema de monitoramento terá um núcleo denominado COI (Centro de Operações e Inteligência), que comandará 28 câmeras de vídeo distribuídas na área central e comercial da cidade, entre a Avenida Jaime de Castro e a alça de acesso a Ponte sobre o Rio Itanhaém, passando pela região central e Nova Orla nesta primeira etapa.

A posição dos equipamentos foi definida em conjunto com as polícias Civil e Militar, além de representantes do comércio local. O monitoramento será estendido para outras áreas da Cidade, como Suarão, Belas Artes, Cibratel e Gaivota. A implantação do videomonitoramento acontece em parceria com a Agência Metropolitana da Baixada Santista (AGEM), com recursos do Fundo Metropolitano, aprovado pelo Condesb.

Outra novidade é a implantação do Patrulhamento Escolar Municipal. A ação será desenvolvida em parceria entre as secretarias municipais de Educação e Segurança. Três viaturas estarão à disposição da GCM para uma rotina de ronda nas escolas municipais, aumentando a segurança de alunos, professores e funcionários das unidades de ensino.

O programa contempla ainda a ampliação do sistema de iluminação pública.  Está prevista a instalação de mais de mil pontos com luminárias, que eliminarão pontos escuros de bairros da Cidade, melhorando as condições de visualização e inibindo a ação de marginais no período noturno. Estão previstas intervenções em pontos de bairros como Gaivota, Jardim Bopiranga, Cibratel, Jardim das Palmeiras, Jardim Oásis, Jardim Regina, Nova Itanhaém e Jardim Grandesp, entre outros.

A modernização da Guarda Civil Municipal é oura iniciativa do Programa Cidade Segura. Um convênio de quase R$ 1 milhão com o Ministério da Justiça garantirá à Guarda Municipal mais cinco viaturas, sendo três minivans e dois veículos tipo sedan, duas motocicletas de 300 cilindradas, além de equipamentos de rádio digital com localização por GPS, capacetes para motociclistas e material para condicionamento físico, além de uniformes operacionais e para a prática de educação física.

Serão implantadas também duas Bases Avançadas da Guarda Municipal nos bairros do Suarão e no Centro, em antigas estações ferroviárias. A corporação já implantou no final de 2014 a Corregedoria e a Ouvidoria.

O Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) também integra o programa. A ação congrega as forças ligadas a segurança pública e ao Governo Municipal, seguindo as diretrizes estabelecidas pelo Ministério da Justiça. Além de identificar as demandas prioritárias da comunidade, difundir a filosofia de gestão integrada em segurança pública e elaborar um planejamento estratégico das ações a serem executadas em âmbito local.

“Esses investimentos para o Programa Cidade Segura buscam atender as solicitações feitas pela população no Programa Bairro a Bairro e também servem como um importante instrumento para as forças policiais desenvolverem seus trabalhos na Cidade. Segurança pública, quando trabalhada em conjunto, fica mais fortalecida”, destacou o prefeito Marco Aurélio Gomes. Esteve presente no evento além do deputado federal Samuel Moreira, o prefeito de Pedro de Toledo, Sérgio Miyashiro.

Matérias relacionadas