Motoristas voltam às atividades após greve em Peruíbe

Lelo BiancoUsuários do transporte coletivo em Peruíbe voltaram a ter acesso aos ônibus municipais da Intersul. Na manhã desta segunda-feira (24), os munícipes ficaram sem ônibus durante o período da manhã. A paralisação realizada até o meio-dia tinha como objetivo chamar a atenção das autoridades para os constantes assaltos praticados contra motoristas da Intersul, responsável pelo transporte municipal. Porém, após representantes do Sindicato dos Rodoviários, Polícia Militar e da empresa conversarem, os coletivos voltaram a circular normalmente.

Motoristas de ônibus alegam que o número de assaltos tem crescido nos últimos meses, gerando traumas psicológicos, além de riscos à vida dos profissionais. Além disso, a categoria critica que, em casos de roubos, muitas vezes o cobrador era obrigado a reembolsar o valor levado pelos bandidos.

No encontro, a Intersul se comprometeu a devolver o dinheiro descontado dos funcionários assaltados. Já a Polícia Militar garantiu que estudará possibilidades de armar uma operação especial, voltada para coibir e reprimir crimes a ônibus.

Em seu perfil no Facebook, a prefeita de Peruíbe, Ana Preto (PTB),  disse que irá apurar o ocorrido. Ela citou ainda que a segurança pública é de responsabilidade do Estado e cobrou providências. Uma reunião foi agendada para discutir o problema.

Matérias relacionadas