Últimas notícias

Prefeitura de Peruíbe inicia a instalação de 52 abrigos de ônibus

Diversas regiões da cidade serão contempladas com os novos equipamentos. Recurso também inclui recuperação de mais 21 pontos já existentes

Os usuários do transporte público municipal de Peruíbe tiveram uma boa notícia. Isso porque a Prefeitura iniciou a instalação de novos abrigos em diversos bairros da cidade. O investimento é resultado de uma solicitação da Administração Municipal ao Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Baixada Santista (Condesb), que homologou a decisão aprovada pelo Conselho do Fundo de Desenvolvimento Metropolitano no último ano.

De acordo com o arquiteto da Secretaria Municipal de Planejamento, Maurício Maranhão, além dos 52 novos pontos, o recurso também contemplou a recuperação de 21 abrigos de concreto já existentes. Segundo a Secretaria, a empresa deu 25% de desconto na licitação e por conta disso também negocia a instalação de pontos adicionais em outros locais da cidade.

Inicialmente, os novos abrigos estão sendo instalados na Vila Erminda, além das avenidas João Abel e Padre Anchieta entre os bairros Três Marias e Maria Helena Novaes.

O investimento foi solicitado pelo prefeito de Peruíbe, Luiz Maurício, quando era presidente do Condesb. Ele havia assumido o cargo em 13 de março de 2019, em substituição a Pedro Gouvêa, chefe do Executivo de São Vicente. Já este ano, o prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa é o atual presidente do Conselho.

Conforme publicação no Diário Oficial do Estado de 26 de outubro de 2019, o recurso foi aprovado pelo Conselho e aplicado pelo Fundo, que tem como finalidade dar suporte financeiro ao planejamento integrado e às ações conjuntas decorrentes, no que se refere às funções públicas de interesse comum entre o Estado e os Municípios integrantes da Região Metropolitana da Baixada Santista.

Os recursos da Agência Metropolitana da Baixada Santista (AGEM) são acessíveis às prefeituras quando estão com suas obrigações em dia com o Condesb e apresentam os projetos necessários para análise do Conselho. O Condesb trata de assuntos de interesse comum das nove cidades da região (Santos, São Vicente, Guarujá, Praia Grande, Bertioga, Cubatão, Itanhaém, Peruíbe e Mongaguá) e é formado por representantes de cada município e de mais nove do governo estadual.

Matérias relacionadas