Últimas notícias

Professores de Itanhaém participam de capacitação para o uso de tablets nas aulas

Profissionais da educação participaram de formação para aliar a tecnologia ao ensino nas salas de aula

aprendizado-do-futuro-tablets-professores2-destaqueMateriais digitais serão as novas ferramentas aliadas ao ensino nas salas de aula. E para implantar a tecnologia, professores da rede de ensino participaram no último dia 8 de capacitação para o uso de tablets nas escolas municipais. A inovação está incorporada ao conjunto de ações e investimentos do programa ‘Aprendizado do Futuro’, que contribuirá para a qualidade da educação de alunos e docentes.

Antes de inserir a tecnologia aos conteúdos pedagógicos, os professores recebem orientação para a utilização do software Aprimora. Os equipamentos permitirão o acesso a aplicativos e conteúdos digitais para intensificar o uso da ferramenta na prática educativa. Os aplicativos inseridos na tecnologia são: Aprimora Ensino Fundamental, Aprimora Produção de Textos, Conecta e Aprende Brasil e-Box.

Para a representante da empresa Maxwal Rio, responsável pelo encontro em Itanhaém, Marisa Sirgulano, a capacitação é importante porque a tecnologia está presente no cotidiano dos alunos e contribui para motivar as práticas educacionais. “Eles aprendem sobre os aplicativos em diversas categorias como, por exemplo, Matemática e Língua Portuguesa. Com os aplicativos de gerenciamento em sala de aula, o professor tem controle maior do que o aluno está fazendo, permitindo ou não o acesso a determinados sites”.

Este é o segundo encontro promovido aos professores, com capacitações marcadas para os próximos meses. O objetivo é que as atividades comecem a ser desenvolvidas com estudantes dos 6ºˢ aos 9ºˢ anos ainda no primeiro semestre de 2015.

“Esse programa é importante para modificarmos algumas metodologias na prática de ensino porque os nossos alunos mudaram e hoje eles são muito mais tecnológicos. Eles já têm habilidades com a tecnologia e a escola tem que ser cada vez mais atrativa”, ressalta a professora de Língua Portuguesa da E.M. Noêmia Salles Padovan, Ângela Rezzetto dos Santos.

Matérias relacionadas